domingo, 15 de janeiro de 2017

Lembrar e não esquecer de quem...



Lembre-se sempre daqueles que na hora do aperto sabiam o caminho da sua casa, o número do seu telefone, as formas de se comunicar com você...

Lembre-se sempre destes, que, depois da tempestade, comemoram festas, fazem banquetes e nem se quer lembram que na hora do auê, foi você que socorreu.

Lembre-se sempre,
Que não participar do banquete destes, é crucial exposição do caráter de ambas as partes; Porque a gratidão inexistente no outro, não apaga a verdadeira história dos fatos, apenas evidencia o que está na alma (de ambos).


Fato 1:
Não importa receber reciprocidade, apenas seja o que você acha que deve ser.

Fato 2:
Procure não ser esse outro!

Fato 3:
Comemore os banquetes dos quais você foi esquecido. Nem todo mundo merece a honra da sua presença.

Fato 4:
A vida sempre seleciona o que é melhor pra gente, e, sem dúvidas, estar cercado de gente ingrata e interesseira, não é e nunca será o melhor pra vida de ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença