terça-feira, 7 de junho de 2016

Como eu seria, se eu não me fosse?



E se eu fosse negra?
E se eu fosse índia?
Como eu seria, se eu não me fosse?
Ahhh...como eu seria se eu fosse homem?


Baixinho troncudo ou moreno esguio?
Jogador de futebol, crítico de cinema, ou traficante de drogas em qualquer esquina?

Enquanto mulher negra,
Usaria penteado rasta fari ou solto black power?

Enquanto índia,
Andaria nua com muitos apetrechos ou distinta pela cor da pele e pelo corrido dos cabelos?

Eu não sei quem eu seria se eu não me fosse.

Europeia cristã.
Oriental budista.
Indígena pagã.
Islâmica mulher bomba.
Pecadora judia.
Ah, se eu soubesse quem eu sou... entre tantas, eu não me perderia.

Dos lábios rúbios
Das bochechas coradas
Das tranças embutidas
Das mãos calejadas
Nos olhos molhados
Cuja menina espelha outra menina,
Nesses olhos, eu me veria.

Lauraine Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença