domingo, 8 de fevereiro de 2015

Amor Próprio

A gente ama coisas, pessoas, momentos que não deveríamos amar...
Porque tudo passa. As pessoas mudam. As coisas mudam. Os momentos passam.
As verdades emergem e trazem para a superfície mentiras que não sabíamos enquanto amávamos determinadas pessoas, coisas, momentos... e não é fácil ter amado por tanto tempo tantas mentiras que amávamos por acreditar serem verdades...

Nosso único amor deveria ser por nós mesmos. Que conhecemos nossos próprios porquês e nos justificamos e até quando nos culpamos, somos responsáveis em sentir ou deixar de sentir. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença