sábado, 31 de janeiro de 2015

O poder do abraço

Quantas dores um abraço pode curar!
Quantos sentimentos cabem em um abraço!

Afago, afeto, consolo...
Apego, chamego, renovo.

Ahh... Tudo dentro de um abraço!!!

Nada se compara a um abraço quente e macio
Desses que fazem a gente não querer largar.
Um abraço bem dado é a solução de muitos medos.

O abraço acalma a alma, 
Encoraja a força,
Estimula a fé. 

Um abraço gera vida
E consola da morte. 

Há abraços que são castelos, verdadeiras fortalezas,
Onde nos sentimos protegidos, seguros, guardados.

Há abraços que são ninhos,
Quentinhos, acolhedores, aconchegantes...

O abraço é uma luva que sempre cai bem.

Na alegria ou na tristeza,
Na saúde ou na doença,
Na riqueza ou na pobreza.
Na vitória ou na derrota.
O poder do abraço é infinitamente maior que os braços que cercam o ser abraçado.


O abraço é um presente
Que todos têm, poucos sabem doar,
E que faz bem a qualquer um que receber. 

sábado, 24 de janeiro de 2015

Acelere!!!!

Um dia desses saí bem cedo pra pedalar.
Bem cedo pra evitar o calor, o sol e o trânsito. 
Em determinado ponto
Me peguei diminuindo a velocidade para atravessar a rua e encarar o cruzamento
Foi quando passou por mim um molequinho, com seus 12, 13 anos, 
Correndo, pedalando a todo vapor...
Passou por mim, 
Atravessou a rua, 
Entrou no cruzamento 
Encarou a rua pela contra mão e seguiu a mil pelo seu caminho até eu perdê-lo de vista. 

Dali fiquei pensando, 
Quantas vezes a gente deixa de viver por medo?
Quantas vezes a gente diminui a velocidade 
Mesmo sabendo que não tem trânsito?
Quantas vezes a gente deixa de entrar na contra-mão só porque alguém disse que não era correto? 
Quantas e quantas vezes a gente para no cruzamento quando a preferência é nossa, e deixamos a vida passar diante dos nossos olhos???! 
Há quanto tempo você não vive sem medos??

Imprudência? Talvez um pouco.
Mas precisamos entender que prudência demais, impede a vida de acontecer. 
Viver com responsabilidade, mas sem medo. 

Bom horário, boa temperatura, bom ambiente visual e trânsito livre??
Siga em frente. Acelere!!! Atravesse a rua! Experimente a contra mão! Passe o cruzamento! Aproveite a preferência... 
Não deixe a vida passar!!! 

sábado, 10 de janeiro de 2015

O perigo mora aqui

Não.
O perigo não mora ao lado.
O perigo mora dentro.
Dentro dos pensamentos e emoções que criamos e alimentamos, temperamos e apimentamos com o decorrer dos dias e dos fatos.
O perigo mora dentro daquilo que eu faço com o que não sei o que fazer.
Os nossos perigos
Moram dentro de nós mesmos
Com boa casa, comida e roupa lavada...
(E tem mais!!! Mas termino o texto depois, pq agora eu tô com sono).

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Sentir o vento na cara
Com meu boné de pedreiro
Com a perna enguiçada
E uma bike de bombeiro.
Rolando asfalto abaixo
Sigo eu
Sem freios!
E dou boa noite ao mundo
Que mesmo moribundo
Zumbizeia feito a terra
Em volta do seu próprio umbigo
Dividindo o sol
Com a lua
Que se divide
Comigo.
O que é que há?
Olha o puxa-saquismo!!!
O amor é uma flor roxa que nasce no coração do trouxa!!
Mas disso todo mundo já sabe!!
O que ninguém sabe é que a terra tem q estar nutrida e pronta pra receber as sementes... do contrário, não germina. E nisso, vai-se perdendo a capacidade de amar...
Há paredes que precisam de um quadro para parecerem bonitas.
Há quadros que precisam de uma parede para parecerem bonitos.
Quem você é: o quadro ou a parede? Do que você precisa, de um belo quadro ou de uma bela parede??
Não. Não se engane. Não dá no mesmo...

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Pequenos grandes gestos

Tinha entre 11, 12 ou 13 anos... já era alta madrugada
Enquanto os adultos trabalhavam em uma causa religiosa,
Eu e uma amiguinha mais novinha adormecemos no altar da igreja...
Acordei com uma mulher usando o pano do retro projetor da igreja pra cobrir a mim e a filha dela...

São gestos pequenos, de grande valor, que  a gente guarda pra sempre na memória e no coração. 
E me deixou um grande aprendizado, uma gigante lição, de que quando estamos no lugar certo, ainda que dormindo, haverá quem zele pelo nosso sono, haverá quem zele pelo nosso bem estar, haverá uma mãe sendo sua mãe mesmo sem ser...


Haja o que houver, 
Cansado ou fraquejando,
Acordado ou dormindo... Esteja no lugar certo!! Deus cuida de todo o resto!

2015 LOUCO

Eu me desejo um ano novo muito louco!!!

Louco desses que joga pedra e rasga dinheiro!
Louco desses que fuma maconha na porta da igreja em plena luz do sol!
Louco desses que mostra a bunda em praça pública!
Louco desses que quebra todas as convenções em busca do prazer pelo prazer!!!

Eu me desejo um novo ano insano... desses sem compromisso com a ética e a moral, desses que só olha pro próprio umbigo e anda pra frente sem esbarrar em nada que quebre e mesmo quando bêbado e tonto alcança seu objetivo inicial com louvor... uma loucura minimamente moderada e 100% distante das regras que limitam a felicidade.

Dentre muitas coisas
Resumo o que desejo pra mim
Em 2015:
Menos dentes quebrados e mais
Muuuuuuuuuuiuito mais
Infinitamente mais
Pessoas em quem confiar além de mim mesma.

Seja quem for

A partir de agora
Eu sou o que eu quiser ser.
Porque a persona não precisa de um biotipo físico específico e se apresenta notavelmente através das máscaras do que quer representar.
A vida sem essas máscaras do teatro grego não tem graça.
Não que a vida deva ser um entretenimento
Ma tenho aprendido que sem esse entretenimento, fica difícil.
Então
Voltemos ao teatro do absurdo
Que acontece na vida real
Que o ator, persona real, representa qualquer personagem,
E é o que quiser
É o que quer
Quando quer.
Se é isso que pode fazer feliz,
Hora de voltar ao palco da vida e representar.
Porque estou de volta...
E a partir de agora
Eu volto a ser quem eu quiser.
Meu corpo não tem esse poder,
Mas a alma...ta aqui,
Pronta pra qualquer máscara.
Seja quem você quer ser
Seja lá quem ou o que for...