quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Desacreditar...

Dane-se o futuro e os sonhos frustrados!
Dane-se a realidade e a fé!

Aponto pro infinito sem a menor intenção de sair do lugar.
Encosto numa cadeira qualquer e sento para assistir,
Meramente assistir a vida passar.

Eu só preciso que essa dor pare de doer.
Só preciso acreditar que por nada vale a pena sofrer,
Como se fosse fácil eu acreditar em algo por mais palpável que seja!

Acreditar. Desacreditar.
Preciso acreditar que tudo em que acreditei até hoje
Não passa de mentiras bem elaboradas.

Não tenho mais forças para ter esperanças,
Realmente, só me resta ter forças para desacreditar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença