segunda-feira, 27 de agosto de 2012

The game never end...


Afundo-me em letras.
É o momento de manter o silêncio.
Reservo-me ao direito de recuar.
Hora de controlar os nervos.

Se minhas investidas foram frustradas
Só me resta mesmo retornar à minha insignificância.
E não quero pensar que fui incapaz!
Não há culpados!
Eu tentei...
E mesmo que agora só me reste angústia, eu tentei.

Cheguei bem mais longe do que imaginava,
Mas desde o princípio eu sabia que era inalcançável!

Tentei porque não resisti,
Eu não conseguiria sair dessa sem ter tentado.
Quem me conhece sabe que ainda não terminou,
Porque eu só me dou por vencida depois que consigo!

Por enquanto preciso respirar, acreditar que acabou.
Deixar-me cair no esquecimento.
É melhor refazer o caminho do que tentar continuar em evidência e perder todo trabalho conquistado.
Não quero conclusão para esse texto, afinal, o jogo ainda não acabou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença