terça-feira, 28 de agosto de 2012

Não vou desistir...


Quando você gritar esperando resposta e só ouvir sua própria voz ecoando:
Vai se lembrar de mim.

Ferida a minha vaidade, chora o meu ego;
A vaidade despenca do alto céu e estrebucha após cair abaixo do lençol freático!
Eu perdi, deixei a peteca cair!
Perdi o respeito, virei uma piada pra você – Ou seu comentário foi um elogio de verdade?
Perdi a chance de abusar do duplo sentido;
Evitei demais a exposição do que queria mostrar
E mostrei o desnecessário- desinteressante para te atrair.

Estou com raiva, frustrada,
Querendo a todo custo mudar o que passou;
Ao mesmo tempo, ciente de que não tenho tempo para lamentações,
Preciso me recompor para mudar esse quadro.

Esse presente está num contexto passado,
Agora é o futuro que tenho que mudar.
Ainda tenho que te conquistar...
E não vou sair sem conseguir!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença