quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Mentira e morte

Eu não tenho mais estômago para tanta maldade!
Não suporto mais tamanha crueldade.

Mentira e morte estão no mesmo patamar,
Mentira e morte são sinônimos perfeitos,
Ambas representam o mesmo crime e deveriam ser punidas com a mesma pena.

O que não precisa de testemunhas
Ou é muito íntimo, ou muito maligno - Ou as duas coisas.
Quem planta mentira colhe solidão!
Mentiras sempre são regadas a maldade

Eu não tolero mais!
Quer mentir? Arme sua teia de morte longe de mim!

Não quero por perto alguém em quem não posso confiar,
Não quero por perto alguém que pode a qualquer momento inventar histórias degenerativas a meu respeito.
Não quero por perto alguém que não sabe se amar,
Porque quem não se ama, não é capaz de amar a mais ninguém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença