domingo, 1 de julho de 2012

Somos todos iguais

A vida é igual para todos.

Pobres ou ricos,
Muçulmanos,  judeus ou cristãos,
Europeus ou africanos,
Jovens ou velhos,
A vida é igual...

Não poupa nem privilegia a ninguém
Não há para ela alguém que convém,
São todos iguais,
Vindos do pó da terra
Caminhando de volta para o pó da terra.

Nesse meio de caminho
Muitos tentam se perder, mas a linha de chegada não deixa que ninguém fuja ao destino final.
Nesse meio de caminho
Muitos se sentem senhores de si mesmos,
Muitos se julgam juízes detentores da verdade,
Muitos enfraquecem porque não se entendem como nada,
Nesse meio de caminho
Muitos não chegam a lugar nenhum antes de retornarem ao ponto final.

A vida é igual para todos,
Não poupa nem privilegia a ninguém,
Para ela não há quem convém.

A vida não faz barganha,
Não aceita dinheiro em troca de uns dias a mais de existência,
A vida não se vende por nenhum mísero metal,
Não tente comprá-la, será uma tentativa vã.

Se quer ser feliz,
Apenas respire,
Sinta a vida entrar pelos pulmões,
A vida não resiste a si mesma...
Tem um ego do tamanho do mundo,
Quanto mais ela se tem, mais ela se quer!!!

A vida é igual para todos,
Não poupa nem privilegia a ninguém,
Mas não resiste a poder se permitir existir... Seja lá você quem for!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença