domingo, 3 de junho de 2012

Sonhar enquanto se pode

Sonhar enquanto é tempo,
Enquanto a vida permite! 

O tempo passa e alguns sonhos viram pesadelos, 
Ideais perdidos na memória da existência. 
Como se o tempo fosse capaz de realmente apagar os sonhos que não conseguimos realizar... 

O tempo é passageiro,
É cruel,
É imbatível e irredutível quando contestado. 

Os sonhos não passam simplesmente sem deixar marcas. 
Ou se realizam ou machucam quando lembrados e avistados desfalecidos no abismo da vida. 

Enquanto tentamos realizar não temos tempo para perceber o inferno em que a vida pode se transformar 
O inferno? Sim, o inferno são esses sonhos que não realizamos, que deixamos pra trás como se pudéssmos esquecer simplesmente porque a razão quer assim... 

O inferno é dentro de mim!! 
São as dúvidas sem respostas,
O inferno é dentro de mim!!
São as frustrações pelo que não semeei!
O inferno é dentro de mim!!
Por tudo o que eu não sou, mas deveria ser. 
O inferno é dentro de mim, por tudo o que eu deveria ser, mas não sou!

O inferno, sou eu assim!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença