sábado, 26 de maio de 2012

Não sei...

Mal consigo dizer o que sinto, é o meu pior texto dos últimos tempos...

Estou me revirando, totalmente apaixonada e fascinada com uma estampa que jamais poderei vestir.
Estou te procurando sem cessar.

Aos poucos já conheço seus dilemas e dores.
Mas alguma coisa em você me tirou do plumo, me desalinhou...

Não queria usar essa palavra, mas não tenho como evitar, estou completamente apaixonada!
Não sei se impressionada apenas com minha própria idealização, ou sei lá!!

É muito mundo, é a sede que preciso saciar.
O que faço nesse momento é uma declaração silenciosa que você jamais saberá que existiu.
E eu não sei o que fazer com esse sentimento.
Não sei o que fazer com tanta emoção explodindo dentro do meu ser.

Não sei, não sei mesmo o que fazer...

A imagem já se perde um pouco na memória,
A voz permanece nítida aos meus ouvidos,
O modo de falar, o jeito despojado de sorrir,
A simplicidade no ser...

Por enquanto, tudo que posso fazer é deixar essa paixão me corroer e torcer,
Implorar aos céus, que seja algo passageiro,
Ou, que se concretize tão intensamente o quanto desejo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença