quinta-feira, 24 de maio de 2012

Inquietude do dia


É uma inquietude de querer o que não posso!
Toco o céu em segundos.
Procuro esse sorriso, mas não sei onde encontrar.
E ainda que soubesse, é um gosto que eu não poderia provar.
É o mito! Apenas isso!!
Estou hipnotizada com seu mundo,
É tudo tão encantado...
Seu olhar me parece tão familiar, tão íntimo, que não consigo ignorar o que sinto.
Euforia. Fascinação. Deleito-me  ao pensar em você.
É uma ideia de perfeição que atrai.
Entro em delírio quando penso no que poderia ser...
Nada carnal, apenas uma admiração intelectual com forte tendência a permitir o avanço dessa materialização e interação física. Tá bom, admito, intensamente carnal!
Mas, tentando não alimentar fantasias eufóricas, vou tentar  me enganar, como se tentar dormir fosse mesmo matar essa minha sede!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença