domingo, 15 de janeiro de 2012

Passado no presente.

"Eu vi o meu passado passar por mim.
Cartas e fotografias, gente que foi embora..."

E não, a casa não fica bem melhor assim.
Ainda é o seu sorriso que se estampa no meu rosto toda vez que penso no que poderíamos ter sido.
Não me lamento pelo que sou,
Mas sempre fica a interrogação sobre o que seria se tudo tivesse tomado outro rumo,
O ideal imaginário utópico sempre me perseguirá.

As escolhas estiveram o tempo todo nas minhas mãos,
Eu esperei demais para optar pelo que literalmente era lógico.
Não posso afirmar que daria certo com o decorrer do tempo e dos fatos,
Mas tenho total certeza de que seria um ato para comemoração de muitos.

Guardo comigo as sementes que não semeamos,
Penso nos frutos que jamais colheremos.
Acredito que em algum momentos voltaremos a nos encontrar;
Não por causa de nenhuma paixão, mas pelo orgulho e pela curiosidade,
Pela vontade de saber para onde esse caminho nos levaria,

Apesar de acreditarmos que sabemos onde iríamos parar!!

Ou melhor, por acreditarmos que não pararíamos nunca!!!

No entanto, nossas vidas já se cruzaram tantas vezes...
Tenho a impressão de que o tempo vive nos armando armadilhas, e já que não podemos vencer o tempo, só nos resta lutar, para não perder sem nem ao menos tentar!!


Um comentário:

  1. Oi querida !
    muito bom visita-la e ler um pouco você.
    que venha mais textos bacaninhas como esse.

    Beijoca !

    ResponderExcluir

Marque presença