quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Sonhos distantes

Estou aqui com meus devaneios,
Meus sonhos bobos, vãos.

Não gosto de me emocionar,
Lamento meus sonhos impossíveis.

É fácil enxergar o milagre do vizinho,
Mas é complicado entender o que Deus quer nos dizer quando tudo que ouvimos é NÃO.

Eu tento entender.
Hoje me deparo com frustrações do passado e vejo o quanto me foram boas!
Percebo que tenho uma vida melhor do que a que eu estava escolhendo.

Por outro lado, vivo angústias que não sei como driblar, pois não tenho como parar o tempo,
Não tenho como mudar o que deu errado, e nem sei como alterar o destino.

Estou com meus sonhos estacionados.
Todos parados numa estação distante e sem probabilidade de locomoção.
Não sei o que fazer para realizar-me em tudo que sonhei,
Pois apenas crer no mover de Deus já não é suficiente.
Não quero apressar o tempo, nem enfiar os pés pelas mãos,
Quero apenas deixar de sofrer por uns sonhos impossíveis...

Um comentário:

  1. Oi amiga!
    Nunca perca a esperança e creia que Deus nunca chega atrasado! Coloque seus projetos nas maos do Pai e espere que Ele decida se são bons ou não para sua vida e em que momento poderão ser concretizados.
    beijos no coração!
    Soraya Barros

    ResponderExcluir

Marque presença