segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Obra prima

Eu não te esqueço.
O tempo passa e basta eu te ver pra sentir o coração tremer.

Penso em você quando algo dá errado,
Acredito que se fosse com você nada daria errado.

Olho suas fotos e não vejo mais aquele ser que saciava a minha sede,
Mas insisto em olhar pra dentro de mim e querer você de qualquer jeito.

Seus olhos me sugam, fico afogada no seu olhar, é uma sensação indescritível,
Seu olhar é tão translúcido que não condiz com a sua realidade.

Aprecio como se aprecia uma obra de arte, você está entre os melhores itens da minha coleção:
Um dos mais bonitos, de valor inestimável e totalmente inalcançável, que eu não posso apalpar.

Você vira a minha cabeça.
Por você eu me vejo realizando o impossível, o surreal.
Perco a cabeça e quase me ponho a perder.

Não posso dizer que te amo,
Mas uma coisa é certa: não consigo te esquecer.

Paranóia, maluquice, obsessão, cisma, seja lá o nome que for, não importa,
Importa é que eu tenha você enfeitando a minha estante, pendurado na minha parede...
Importa que eu possa expor que eu quero, eu consigo,
Ainda que esse seu olhar não mais sacie a minha sede.


Um comentário:

  1. Que doçura,Amiga!
    "Você vira a minha cabeça.
    Por você eu me vejo realizando o impossível, o surreal.
    Perco a cabeça e quase me ponho a perder."
    Que possamos sempre nos perder para nos encontrarmos melhores ;)

    ResponderExcluir

Marque presença