domingo, 25 de julho de 2010

Labirinto

Labirinto - muro - murro na parede - chão!
Segundo round!
Pés - pernas - tropeços - muro - murro na parede - chão!
Terceiro round!
Olhos, breu, cabeça, murro: chão!
Breu sem solução,
Lágrima de solidão,
Momento sem definição,
Fim sem previsão.

Eu, eu e eu, apenas eu tentando sair desde buraco escuro sem nenhuma resposta pra tantas perguntas.

Transformo-me no labirinto de questões que me envolvem, e se me perguntar quem sou, sei que sou apenas um labirinto.. onde caminho no escuro, dou de cara na parede e caio no chão, choro enquanto consigo, adormeço de cansaço, e acordo renovada para o seguinte round de solidão.

Lauraine Santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença