segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Hoje estou assim

De volta à solidão eterna,
ao mesquinho egoísmo,
à vidinha que me destino sem destino certo.

De volta a mim mesma por meus olhos cegos.
Poeta sem estilo,
Existência sem sentido,
Nua e crua em mim por mim.

Egoísta sem opção,
Egocêntrica por satisfação,
Infeliz sem explicação.

Abandonada.
Sentindo-me sozinha e esquecida,
Infeliz.
De volta à minha eterna solidão...

Um comentário:

  1. Solidão é mais que uma droga, mas se o que diz no seu poema lindo, for o que vc está sentido, mostra que a sua vida, necessita de novos amigos... Já estive muitooooooooooooooooooooo sozinho, então, resolvi fazer novas amizades, hoje sou o cara mais feliz do mundo...

    Pense no assunto linda...

    Bjuxxx

    ResponderExcluir

Marque presença