sábado, 21 de março de 2009

escrito dia 13/13/2009

Agora sinto uma enorme vontade de escrever, como há tempos não sentia. Fico feliz por voltar a escrever meus sentimentos, apenas lamento que os meus sentimentos sejam sempre tão melancólicos.
Não que a vida esteja ruim, na verdade, está muito melhor do que já foi um dia. o problema não é a vida. O problema sou eu, que não me adapto a vida!
Percebo a ansiedade em mim. Tento me controlar, mas é praticamente impossível. A fome em exagero, o descontrole do horário biológico e a tristeza infinita me corrompem sem que eu consiga me defender de mim mesma.
E o pior?
Sei que somente eu posso me vencer,. Só que não me adianta ter ciência disso se não sei como, quais os meios para driblar-me e obter resultados positivos. Para isso, busco orientação de algum profissional.
Eu preciso mudar. Mudar hábitos, alimentação, forma de pensar, maneiras de agir e sentir. Só não mudo meus princípios, pois para mim, caráter é algo imutável. Apenas quero que este contribua para a melhora do meu humor, do meu modo sedentário e preguiçoso de sentir, ver e viver a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marque presença