domingo, 6 de dezembro de 2009

05.12.2009

O dia que eu souber quem sou,
deixo de existir,
deixo de ser!

Estranho seria se fosse diferente.
Estranho seria se não fosse.
Estranho é a estranheza que me causa existir.

Estranha sou eu.
Estranho é a madrugada adentrar meu sono sem meu sono perturbar a madrugada.

Estranho é a vida que existe de dia enquanto eu durmo,
E que dorme de noite quando eu quero viver.
Estranha sou eu, querendo viver contrária ao dia associando-me à noite, distanciando-me dos meus sonhos reais.

Estranha sou eu sem ser.
Estranha sou eu em mim...

Lauraine Santos.

sábado, 28 de novembro de 2009

"tristeza não tem fim, felicidade sim"

... mentira tbm!!!!!

sabe aquele tipo de pessoa que só aprende na porrada*
sou eu!!

Custei, mas dessa vez aprendi mesmo.
Está doendo mais que o imaginado, porque eu não esperava ter q aprender...
Cada vez q penso sinto doer,
Sinto o quanto fui feita de babaca, de otária, de "qualquer";
Faltou consideração, faltou amor e respeito,
Conclusão: faltou tudo!!
Nunca pensei que me sentiria tão vazia novamente, mas estou.

Vazia e triste. Profundamente vazia.
E dói. E olho pra trás e vejo que não tem volta.
E não sei se choro por não querer que essa verdade esteja acontecendo,
ou se por ter sido feita de boba por tanto tempo.
Ninguém gosta de ser enganado, Passado pra trás, e comigo não é diferente.

Estou arrasada, destroçada, desfeita em milhões de pedaços, mas garanto:
Foi a última vez!

Lauraine Santos.

28/11/2009

Fúria.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

"Hoje, me pego pensando, sem mais nem porquê..."

Enfim estou estudando, (não apenas preenchendo espaço na sala de aula - estudando de verdade, lendo e aprendendo).
preenchendo novamente a curiosidade que nunca cessa,
mas que por vezes me deixa acreditar que será finita como eu.

Cu-riosidade.
Palavra curiosa essa!!!! risos...
Vou pensar só no sentido literal, porque assim sou desde que nasci.
Depois que descubro do que se trata, perde a graça, deixa de ser novidade.

Porém, nessa terra, não existe rotina, pois nada está parado. Tudo se mexe o tempo todo.
E eu... aqui!
Tentando inventar uma rotina pra viver.

sábado, 21 de novembro de 2009

PARTE V


Ermengarda decidiu em seu íntimo que acompanharia seu novo amigo, afinal, se ele quisesse fazê-la algum mal, já teria feito. Porém, antes de acompanhá-lo, ela pediu que o jovem aguardasse alguns minutinhos, para que ela fizesse uma breve reza que dizia o seguinte: querido Papai do Céu, ainda hoje sei que São Jorge está na lua montado no dragão lutando contra algum cavalo filho duma égua, também sou capaz de ver a Virgem Santa Maria Madalena alimentando aos animaizinhos, e São Francisco de Assis lutando pela Reforma Protestante nos Estados Unidos da América. Acredito que o ET só existirá na Era Futura de Steven Spielberg e que tudo não passará de cinema Holywoodiano; sendo assim, peço que não deixes que a Assaltante de Trem nos alcance e que no bordel as pessoas sejam normais e que esse rapaz seja do bem... Amém!
Neste momento Epaminondas chegava a estar atordoado. Jamais vira tamanha devoção e desconhecimento geral em uma só pessoa.
No caminho decidiram que Ermengarda ajudaria na venda de pipocas, seria uma forma de não deixa-la sozinha tão próxima aos tarados ricos da cidade. Também Epaminondas aproveitou para explicar a Ermengarda que, São Jorge não está na lua, que ele monta no cavalo e mata o dragão; que Maria Madalena não era virgem nem muito menos santa e que São Francisco de Assia não participaria da Reforma Protestante, que também não ocorreu nos estados Unidos da América, e sim na Alemanha, quanto as demais coisas, ele não podia prever o futuro, mas acredita com certeza que o filme ET será um marco na história das melhores produções do cinema.
O casal conversava fluentemente, com se fossem velhos amigos. A jovem estava altamente impressionada com a inteligência de seu novo amigo. Ele, por outro lado, estava altamente impressionado com a “dês-cultura” daquela moça. Ela lhe pareceria uma louca se não falasse coisas do futuro as quais ele desconhecia, mas sabia serem possíveis!
Após Ermengarda falar sobre um futuro com geladeira, luz elétrica, fast food, celular, computador, aeronaves e etc e talz, ela não resistiu e perguntou sobre as pessoas do bordel. Ela ainda não havia se dado conta, mas já haviam chegado...

PARTE IV – O ENCONTRO!


Ermengarda não sabia exatamente onde ficava o bordel, pois ela e todas as moças descentes da cidade eram proibidas de caminhar para aquela direção. Muitas eram as lendas e os mistérios que cercavam a Rua do Bordel, porém, Ermengarda não tinha outra opção, devia ir até lá pedir abrigo.
A última lamparina já estava quase se apagando quando Ermengarda viu uma sombra passar. Epaminondas também se assutou ao ver a sombra transposta do fogo na calçada. A moça se encolheu abaixando-se no chão; Epaminondas resistiu ao medo, mas não à curiosidade, e, mesmo sabendo que poderia ser a Assaltante de Trem, foi ver do que se tratava. Atravessou a rua valentemente e, ao ver a moça abaixada levantar os olhos, olhar para ele e gritar, não se conteve e gritou ainda mais altos, ambos sequer conseguiam sair do lugar. Passado o primeiro susto, foi amor à primeira vista. Ermengarda contou à Epaminondas o seu dilema e o deixou um pouco desconfiado ao contar que fora confundida com a Assaltante de Trem, mesmo assim, ele estava encantado demais para deixar que a moça fosse embora tão depressa.
Não haveria tempo de levar Ermengarda até sua casa, ele precisava chegar ao trabalho, precisava vender suas pipocas e garantir seus estudos.

PARTE III


A delegacia realmente não temia a Assantante de Trem e Ermengarda sabia que podia confiar no delegado Doutor Absalão Songa Monga, o problema seria conseguir acordá-lo. Drº Absalão era o único delegado da cidade e aproveitava a noite para tirar um cochilo e dispensava a todos os seus companheiros de trabalho, não gostava que nenhum deles o atrapalhassem em sua hora de sono.
Também este fato era de conhecimento de toda a cidade. Mesmo assim Ermengarda resolveu tentar. Pensou em tudo! Contaria ao delegado o que ocorreu após ele deixá-la na porteira do sítio e com os trombones da delegacia ele a levaria para casa e explicaria tudo aos seus pais.
Ermengarda só não fazia idéia de que seria impossível acordar ao delegado. A chuva estava fraquinha... e Ermengarda foi até a delegacia. Lá chegando, viu que tudo estava fechado, como toda noite: a delegacia estava fechada para dormir! Ermengarda esgoelou-se, e, para cada vez que chamava o nome do Dr Absalão ouvia um sonoro ronco que parecia cada vez mais profundo e longo. Depois de algum tempo, a pobre coitada e desorientada Ermengarda já estava ficando sem fôlego de tanto gritar, quando a chuva começou a apertar, e a moça se abrigou embaixo da única marquise que havia naquela rua.
Do outro lado da cidade... Epaminondas se preparava para sair de casa. A chuva atrapalhava um pouco a colheita de milho, mas Epaminondas não desistia de seus objetivos, sempre colhia e conservava em banha de porco uma maior quantidade de milho, justamente para os dias de chuva. Também matava o porco com antecedência, apesar de saber que a maioria dos seus fregueses prefiriam pipoca sem bacon.
Epaminondas sentia algo diferente no ar. Podia pressentir que aconteceria alguma novidade, o cheiro da noite já predizia só não se podia saber se algo bom ou ruim... já Ermengarda, tinha certeza de que esta seria a pior noite de sua vida. Não poderia ficar embaixo daquela marquise a noite toda; devia procurar abrigo para se proteger da Assaltante de Trem.
Apesar de toda a chuva, o bordel mantinha seu movimento normal com a mesma freguesia de sempre. Nem mesmo a Assaltante de Trem assustava aos freqüentadores do bordel.

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

nada faz sentido qndo os sentidos estão insensíveis

Largue as mentiras...

já que o momento mágico se desfaz do ilusionismo na ciência de seus truques, e que a realidade bate a porta todos os dias....

Hoje estou assim

De volta à solidão eterna,
ao mesquinho egoísmo,
à vidinha que me destino sem destino certo.

De volta a mim mesma por meus olhos cegos.
Poeta sem estilo,
Existência sem sentido,
Nua e crua em mim por mim.

Egoísta sem opção,
Egocêntrica por satisfação,
Infeliz sem explicação.

Abandonada.
Sentindo-me sozinha e esquecida,
Infeliz.
De volta à minha eterna solidão...

sábado, 31 de outubro de 2009

Lulu Santos

Sei lá, Tem dias que a gente olha pra si
E se pergunta se é mesmo isso aí
Que a gente achou que ia ser
Quando a gente crescer
E nossa história de repente ficou
Alguma coisa que alguém inventou
A gente não se reconhece ali

No contrário de um déjà vú
Sei láTem tanta coisa que a gente não diz
E se pergunta se anda feliz
Tomo o rumo que a vida tomou
No trabalho e no amor
Se a gente é dono do próprio nariz
Ou o espelho é que se transformou
A gente não se reconhece ali
No oposto de um vis-à-vis
Por isso eu quero mais
Não dá pra ser depois
Do que ficou pra trás
Agora que já é

Sei láTem dias que a gente olha pra si
E se pergunta se é mesmo isso aí
Que a gente achou que ia serQuando a gente crescer
E nossa história de repente ficou
Alguma coisa que alguém inventou
A gente não se reconhece ali
No contrário de um déjà vú
Por isso eu quero mais
Não dá pra ser depois
Do que ficou pra trás
Agora que já é

segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Dói mais teu silêncio que tua agressãoTentar crescer Saber dizer nãoTer seu espaçoSua opçãoTudo em vãoA gente se esquece e tudo prometeTenta não verQue enlouqueceBarra pesadaIsso nunca maisTe encontreiNada adianta e não tem disfarcePra que mentirDiz a verdadeTanta solidãoA quem convémEsquece e vemEsquece e vemA gente quase tudo tem

domingo, 25 de outubro de 2009

simplicidade da vida

“eu queria ter na vida simplesmente, um lugar de mato verde, pra plantar e pra colher... ter uma casinha branca de varanda, um quintal e uma janela, para ver o sol nascer...”
A vida é tão simples que não sei como conseguimos complicá-la.
Inventamos TV, rádio, celular, computador, Internet, tudo que não faria falta se não existisse! Queremos a globalização, saber o que se passa do outro lado do mundo, quando não conseguimos decifrar nem o que está tão próximo aos nossos sentidos. O ser humano e suas manias...
Penso sobre Deus... Pois é, mais uma vez estou escrevendo sobre Ele, é inerente ao meu estilo de vida pensar nEle. E mais uma vez entendo que não quero só pensar, mas sim, viver. Que coisa profunda é o tal chamado perdão... óbvio que estou distante de compreender exatamente o que é perdoar, mas a ciência de ter que fazê-lo já me faz refletir.
E me sinto pequena diante da minha incompreensão, do meu pouco conhecer de Deus, e da minha limitada existência. Sei lá, por hoje é só isso. [


Lauraine Santos

domingo, 11 de outubro de 2009

Arnaldo Antunes

Respeito o cara que é padre
Porque não sente tesão
Respeito quem rouba com fome
Quem consegue dizer não

Tem o meu respeito quem pede esmola
Quem ganha a sua mesada
Mas tem de ser mão aberta
Com a rapaziada

Só não há perdão para o chato
Perdão para o chato
Não há perdão
O reino dos céus é do chato
Do chato, do chato
Do otário e do cagão

Respeito quem é radical
Respeito quem ama errado
Respeito o cara careta
E o cara exagerado

Quem não gosta de criança
E quer viver solitário
Quem odeia rock’n roll
Mas gosta de um rebolado

Só não há perdão para o chato
Perdão para o chato
Não há perdão
O reino dos céus é do chato
Do chato, do chato
Do otário e do cagão

Respeito o cara-de-pau
Respeito o mal-humorado
Respeito a quem só reclama
Por ser mal remunerado

Tem o meu respeito quem quebra tudo
Na noite dos desesperados
E também o cara burro
Que sabe ser engraçado

Só não há perdão para o chato
Perdão para o chato
Não há perdão
O reino dos céus é do chato
Do chato, do chato
Do otário e do cagão

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Shaná Tovah

Bem vindo ao Rosh Hashaná!!

Hoje inicia-se o calendário judaico de 5.770

E como adepta dessa cultura ainda mistificada apesar de pública e influente, não poderia deixar passar em branco essa comemoração que por mais um ano occorre no Shabbat.

Não sei como vai ser, mas sei que da última vez que frequentei a comemoração de Rosh Hashaná estava o maior dilema quanto ao que se faria para a programação fugir ao sábado.
Não consigo me esquecer que todos haviam levado doces, frutas, mel, maçã, e aí chego eu, com creme de cebola e biscoito palitinho... todos vestidos simples, e eu, fantasiada igual a uma árvore de natal, foi terrível!!!!
No entanto, mesmo cometendo essas pequenas gafes, fui bem recepcionada pela maioria, com apenas alguns olhares hostis que notoriamente se perguntavam quem era eu e o que estava fazendo ali... Vale explicar que era um grupo de judeus Messiânicos, pois sou em essência uma pessoa que crê no cristo que a maioria dos judeus rejeita.

Quanto a esta questão, o a.C d.C não me parece ter muita importância por tratar-se de um marco humano para não se deixar esquecer o que os judeus messiânicos não precisam para registrar que o Messias enviado de Deus realmente existe!
Posso estar errada, mas por enquanto é só!

Shaná Tovah a todos!!!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Literalmente

Literalmente descobri o sentido do Mito da Caverna.

Nossa!!!
É dolorido abrir os olhos e deparar com a imensa luz que vem do sol.
Desconforto é pouco para descrever a sensação de liberdade que sair da caverna proporciona.
Exatamente: desconforto = a liberdade. Uma paradoxal verdade. Realidade.

Quantas sombras visualizamos e pensamos que somos nós...
Até que um dia descobrimos que a sombra é apenas a sombra, que nem nossa é, pois pertence a algum outro objeto ou ser do qual nem ao menos tínhamos ciência de existir.

Enxergar além do além não é, nem de longe tão intrigante e sofrido o quanto olhar ilimitadamente para dentro de si mesmo e tentar descobrir-se como se é em essência.

Acho que vou enlouquecer tentando sair da caverna.
Desde que eu consiga olhar a luz do dia ao menos uma vez - enlouqueço convicta de que vale a pena o enlouquecer.


Viva a caverna, para que se saiba o valor da luz do sol!

Lauraine Santos.

sábado, 12 de setembro de 2009

Minha filosophia

Sou Platônica em essência. Metafísica ontológica em prática e existencialista num todo.

Não chego a desprezar o Positivismo, mas prefiro o conotativo que o denotativo, o abstrato me atrai mais.

"Metafísica (do grego μετα [meta] = depois de/além de e Φυσις [physis] = natureza ou físico)filosofia que estuda a essência do mundo. A saber, é o estudo do ser ou da realidade. Se ocupa em procurar responder perguntas tais como: é um ramo da

O que é real (veja realidade)? O que é natural (veja naturalismo)? O que é sobre-natural (veja milagre)? O ramo central da metafísica é a ontologia, que investiga em quais categorias as coisas estão no mundo e quais as relações dessas coisas entre si. A metafísica também tenta esclarecer as noções de como as pessoas entendem o mundo, incluindo a existência e a natureza do relacionamento entre objetos e suas propriedades, espaço, tempo, causalidade, e possibilidade."

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Maldito fantasma assolador

Ah, a rotina!! Nada mais cansativo que a rotina.
Nada mais devastador de almas do que repetir todos os dias os mesmos gestos, as mesmas palavras, os mesmos sentimentos... A rotina é o fim além do fim que existe por si só.

A rotina trás além de seu próprio desprazer em ser, a solidão que me assola.
Nada proveitoso se pode tirar do que se repete continua e incessantemente.
Tudo isso resumo em NADA. Palavra constante em meu quotidiano que me tem preenchido furtivamente.

E eu?
Estou aqui hoje. Porque não estive ontem, e assim tento modificar essa maldita rotina que me assombra, me deprime, me oprime e reprime... por fim, me desfaz de mim em pingos lacrimais insignificantes e invisíveis a quem não os vê, a quem não me vê.


Lauraine Santos

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Alguém aí?

Minha alma pede socorro.
Mas parece que ninguém quer ouvir,
Que ninguém pode ouvir,
E que quem ouve,
Finge que não sabe de onde vem o som.

O sol, eu sei, se esconde atrás das nuvens.

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Na hora certa




Até quando pensamos que estamos abandonados, Deus se mostra presente e atento até aos nossos mesquinhos pensamentos, e fala conosco: o mais importante, com palavras de Amor, independente das circunstâncias

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Pensando sobre...

Hoje me deparei com cores quentes e frias,
com formas diversas,
com sons inspiradores,
com sentidos ideais, reais e ilusórios.
Deparei-me com a imagem deformada de sentimentos que não defino.

Encontrei-me com meus sentidos
E o que senti neles... nem sei dizer! Apesar do dizer ser um sentido bastante utilizado pela maioria dos falantes, se bem, que os mudos falam ainda mais que nós, é incrível como a comunicação não tem fronteiras!

Assusto-me a cada instante comigo mesma.
Vou agora repensar tudo o que vi, ouvi, senti... deparar-me com meus pensamentos e ver o que mudou! Sem mais o que descrever, termino por aqui.

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

TENTANDO DIZER NÃO A TRISTEZA..

qUE DEUS SEJA ESSA LUZ NA NOSSA VIDA, QUE ANDEMOS NOS CAMINHOS DELE SEM DEIXAR NOSSOS PÉS VACILAREM, E QUE, AINDA QUE VACILEM, TENHAMOS FORÇA E DISCERNIMENTO DO ESPÍRITO SANTO PARA PROSSEGUIR LEMBRANDO SEMPRE QUE FOI PARA QUE TENHAMOS VIDA EM ABUNDÂNCIA QUE O PRÓPRIO DEUS DEU SUA VIDA POR NÓS ATRAVÉS DE CRISTO!!!

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Deus: Criador

"Elevo so meus olhos para os montes: de onde me virá o socorro? O meu socorro vem do SENHOR, que fez o céu e a terra". Salmo 121:1-2

Refletindo nisto devido as diversas crises que me tem sido permitidas por Deus, concluí o quanto a nossa fé é barata diante do que Deus se propõe a realmente fazer por aqueles que verdadeiramente o amam e guardam a Sua Palavra.

Penso que amo a Deus,
Penso que faço por onde agradá-lo,
Penso que O conheço, que sou privilegiada por conhecê-lo sistemáticamente, por pensar que esse conhecimento teórico é essencial a todos que buscam por mais de D'Ele...

E agora, na crise, entendo que verdadeiramente, minhas teorias não servem de nada!
E que o que quero de Deus é muito mais do que me dedico para ter!

Independente disso, a crise viria, como outras virão depois que estas passarem, porque Deus quer que o conheçamos face a face, e não apenas de ouvir falar...
Porque Ele conhece o mais íntimo do nosso coração e sabe até onde podemos suportar...

Após refletir sobre o Salmo citado: acabo de levar um tombo, literalmente falando! Imaginei ser por estar olhando para os montes, e mais uma vez me lembrei, que o socorro não vem deles, e sim, de quem os criou, por isso caí, para lembrar-me da verdade, visto que Cristo é a Verdade, e Cristo é o próprio Deus Criador dos céus e da terra... e de tudo mais que há...

Alegro-me por ter em minha vida um Deus que a tudo criou, inclusive a mim... e é quem me socorre!!


¹ comentário meu sobre:

Passando pelas diversas crises que podem assolar a um ser humano, lembrei-me deste salmo... "o meu socorro vem de Deus..." E é complicado conciliar a Palavra lida com vida a ser vivida, principalmente, qndo o tema é CRISE, seja esta em qual área for, é quando parece que toda teoria perde o sentido e só a prática pode fazer disso uma constante realidade de vida com Deus.

Falar é fácil, difícil é viver o Evangelho; por isso acho que Deus tem me deixado em crise, rsrsr...

Graça e paz.

Lauraine Santos.

sábado, 8 de agosto de 2009

programão de sábado:

ver a vida pifar!!!

A vida vai pifar!!
Sinto isso em um monitor que está alternando as cores em rosa e tos azulados.

Sinto apenas isso, minha vida vai pifar!

puf!! Acho melhor desligar antes que não dê pra terminar a rima e vida se pife diante dos meus olhos!!

em rosa e tons azulados...

Lauraine Santos

terça-feira, 28 de julho de 2009

Preciso sentir-me viva novamente...

Preciso sentir-me viva novamente!
Ter emoções positivas, fortes, instintivas!!
Preciso sentir a vida circular em meu sangue, em minhas veias, em meu abstrato mundo real!

Preciso descobrir novamente os desejos, as paixões, os impulsos naturais a uma pessoa da minha idade.

Preciso sentir-me viva novamente!
Procuro formas paliativas de solucionar essa ausência de desejo vital que tem me faltado, mas nada satisfaz! Não consigo enganar meus sentimentos.

Platão não conhecia o mundo virtual, mas a tecnologia comprova sua teoria de que é na ideia que tudo se processa. Ou, quase tudo...

Tento satisfazer-me na ideia, nas lembranças de quando sentia-me viva, e a sensação é tão boa, que temo ficar aprisionada às lembranças de maneira que jamais consiga sair dela.
/tenho medo de surtar, de fugir a realidade/

O dia-a-dia me corrói.
A rotina me detona!!! Acaba comigo! Deixa-me sem vida! Deixa-me ainda mais platônica e inerte aos ideias traçados como alvos.

Hoje, não me basta só amar.
Preciso de muito mais. Preciso amar, viver, arriscar, sentir, gritar, cantar, pular, SORRIR!
Preciso sentir a adrenalina jorrar no sangue de repente, preciso sentir o sangue em si correndo dentro de mim...

Preciso de paixão, tesão, emoção, intensidade, razão, profundidade!!
Preciso de mim... preciso-me viva! Viva, sentindo a vida sem tanta precisão do exato, do correto, do politicamente correto...
Quero a explosão da mais íntima sensação de estar vivo!
Quero não só racionalizar a mais essencial razão de viver: Quero sentir, quero viver!!

Mesmo sem estar conseguindo, aproveito meu momento deprê para dizer ao mundo que quero viver! Que preciso viver!! Que...

Preciso sentir-me viva novamente...


Lauraine Santos.

Lembrei-me de mim

Estou passando por aqui apenas para me lembrar que eu existo!!!

Que não sei muito bem o por quê,
Que não sei como,
Que não sei como saber...

Só sei que estou aqui!

E fico feliz por poder me lembrar disso,
Só lamento o fato de ter que passar por aqui para me lembrar que eu existo:

É deprimente!!

Pois se não viesse hoje, me esqueceria de minha própria existência, seria meu último fim
Depois do fim em que já me encontro instalada!!!

Lauraine Santos.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Super Poderosa


Tenho em minha mente e em minhas mãos as palavras,
O que é muito mais valioso do que ouro, prata ou petróleo.

Sim, as palavras valem mais!
Foram as palavras que criaram o mundo e todo o restante.
Tenho esse poder em minhas mãos...
Tenho em minhas mãos o pode de criar emoções nos que me cercam,
Emoções essas que podem fazer nascer, crescer ou morrer a qualquer indivíduo.

Pergunto-me, por que dominar a palavra, se na verdade, é ela quem me domina?
Respondo-me que o dom que Deus dá não se questiona, apenas se usa!
E se o Próprio Deus, me deu como dom as palavras, ponto de partida após a idealização,
E deu-me também a idéia (com acento, pois sou da antiga)
Para que as palavras não fiquem sem sentido, é porque os sentidos ainda precisam ser melhor entendidos.

Mais que entendidos, os sentidos devem ser vividos,
Ouvidos, vistos, tocados, saboreados, exalando suas essências essenciais ao que é lícito e necessário ao homem para que viva bem.

Termino aqui minhas palavras, imaginando que seus sentidos podem estar agora mais aguçados e melhor aproveitados, tal qual minhas idéias sugerem!!

Lauraine Santos.

Uma artista completa!!

Esqueci de dizer que também sou artista!!

Sim!! Uma artista completa!!

Fiz teatro,

Pois é: Sou ATRIZ!

Sei teoria musical,

Toco bateria

e Aprendi dança judaica....

Quer mais o quê?!?!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Um pouquinho de mim...

Vendo óculos na óptica do meu pai, estou nisso desde os 12, 13 anos... ai, sei lá! Desde que nasci!

Comecei a namorar e fui trabalhar na papelaria, aprendi a vender por vender, sem precisar de muita técnica ou tempo calculando preços, dando descontos ou convencendo o cliente de estar bonito e em boas mãos!

No entanto, foi na ALFABETIZAÇÃO que aprendi o que melhor sei fazer: ESCREVER!!

Aprendi a ESTUDAR e o melhor, a GOSTAR disso....

Hoje, tenho um boletim informativo que é um sucesso, sou uma excelente estudante, prosseguindo na carreira que me fez: a pedagogia!

Mas antes ainda da pedagogia, veio Deus, num momento difícil, deprimente, antagônico e me deu a possibilidade de conhecer um pouco de sua ciência sistematizada. Foi quando mal terminei o Ensino Médio e já estava com o diploma de Bacharel em Teologia nas mãos; não por mérito meu, mas pela misericórdia de Deus.

Tenho talentos que conheço e não exploro,outros talentos ñ sei q existem, mas por certo mesmo, sou apenas serva de um D's vivo!

quinta-feira, 16 de julho de 2009

02/11 nunca mais será o mesmo...

Mas viveu por 93 anos debaixo da graça, do amor e da fé em Cristo

...tão serena q se não estivessem tão perto nem perceberiam que ela tinha parado de respirar
...
... a tranquilidade que a gente tem em saber q ela viveu o que pregou...
...assim, tamanha paz q se via... a gente via q não sentiu dor pra morrer, o motor simplesmente parou de funcionar...
...e detalhe: por mais que você ame o valor devido , real, só vem depois a morte...infelizmente...
...é! a ausência é sempre mais forte e mais incômoda que a presença...
...uma coisa a vida tem em comum coma morte: a estranheza...
...quando falaram q tinham internado ela, eu pensei "agora vai", mas por outro lado, ela já deu tantos sustos na gente, q eu não queria acreditar q realmente iria...
...e pra ela agora é como se fosse o fim... Nila era o ultimo elo, o ultimo amor que havia sobrado...

Exemplo pra mim, pois:

"COMBATEU O BOM COMBATE, ENCERROU A CARREIRA E GUARDOU A FÉ"

Que assim seja minha vida enquanto viver neste mundo.

quarta-feira, 1 de julho de 2009

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Sentimos apenas...

Seu sofrimento é por uma causa visível, o meu não... estah td dentro de mim, de maneira q ainda q se abram tds as veias, todos os órgãos, tecidos e etc, nem assim se poderá ver!

O q eu sinto, só eu sei a intensidade e forma como se manifestam.

Todos os nossos sentidos, sentimentos, só nós sabemos e só nós sentimos de tal maneira... de forma que nossos sentimentos servem apenas para nós mesmos, tornando inútil o tentar compartilhar, pq é impossível, e então, sentimos apenas...

sábado, 20 de junho de 2009

vou apenas esperar...

Não posso ficar mais... mande-me notícias tuas e ficarei feliz por nós dois!

e digas se gostou de saber que pensei em ti qndo ainda nem tinhas acordado...

1hora e 39 minutos

Não consigo dormir, apesar do muito sono que sinto e do cançaso.. cansaço... nossa! além de tudo estou ficando burra de vez..

Sentindo-me assim, cansada e só, resolvi passar pelo meu blog, simplesmente para postar que só vim até aqui para saber que horas são em sua vida, e pude constatar, que...

O seu sol já está nascente, seus olhos já começam a se abrir para ver o raiar de um novo dia,
Enquanto eu, sequer consegui passar do dia anterior, para o meu dia seguinte que já se firmou desde a meia noite!

É óbvio que estou pensando em você, se não, o que eu estaria fazendo aqui?!??! É ridículo pensar em dizer, ou mesmo, pensar por pensar, mas penso! Não tenho escolha: Penso em você quase mesmo sem querer.

Penso, sofro, confundo-me em mim, confundo-me por ti, e volto a pensar!
E volto a ficar indecisa quanto ao que seguir, se razão ou emoção... ou mesmo, até onde uma pode ir sem anular a essência da outra. Até onde posso ir sem anular a minha essência???

Ir até você? Não sei!
Ficar onde estou? Também não sei!

Razão e emoção estão me arrazando.
Você me eleva, eleva meus planos e sonhos, e magicamente torna tudo real e magicamente feliz...
De outro lado, tenho a realidade que me sufica, me frustra, e faz com que meus sonhos mais simples se tornem pesadelos, como se comer um algoodão doce fosse a coisa mais difícil do mundo! Como se pedir carinho fosse procurar dinossauros ainda vivos fora do "Jurassic Park"...

E assim vou levando. Levando a minha vida pra algum lugar sem saber onde vai chegar, trazendo você cada vez mais para dentro dos meus pensamentos e sentimentos, sabendo exatamente para onde quero ir.

Lauraine Santos.

domingo, 24 de maio de 2009

droga!!!

Acabo de me dar conta de q na verdade, o mês de maio está no dia 23 e apenas tem um texto.. o q acabei de escrever abaixo!

Um mês sem postar nada, é realmente muita falta de consideração com meus leitores... peço perdão, mas eu estava dopada de remédios, dormindo e acordando em horário de gente normal
- ai, detesto isso, mas, fazer o q?!?! -

E podem acreditar, mesmo dopada, achei q uma amiga da faculdade estava com a bunda muito grande, é incrível, mas ninguém notou nada!! Isso aconteceu deve ter +/- 1 mês, pois é, ela acaba de descobrir que está grávida de 11 semanas, ou seja, devo agradecer a Deus pela percepção que tenho mesmo quando estou drogada... e olha q não era pouco drogada não - pra conseguir me fazer dormir e acordar em horário de gente normal, tem q ser uma droga muito poderosa meeeeeeeesmo!!!!!!

Mas eu estava feliz, esse era o importante!

Quanto a hoje, estou escrevendo pq estou sem tomar os tais remédios há +/- 1 semana, tempo do organismo voltar ao normal, quero dizer, ao MEU normal, que me permite trocar o dia pela noite, mesmo sendo diferente do normal dos outros, e não estando tão feliz o quanto estava quando dopada, pois me era possível viver ignorando a realidade insatisfatória que me cerca, por outro lado, sinto-me um pouco bem, por poder reviver minha melancolia sem impencílios que me façam ser o que realmente sou: nada.

Lauraine Santos.

sábado, 23 de maio de 2009

Hoje

23/05/2009... quase final de mês e quase nada escrito nem descrito nessa porcaria de blog onde tenho preguiça de digitar minhas melancolias já expostas no papel.

Sinto uma enorme tristeza e um gigante vazio causados pela frustração de conseguir compreender que a responsabilidade não compensa e de que a irresponsabilidade também não! O maior desafio então, é saber que nenhum dos pólos compensam, nem o positivo nem o negativo, e concluir que na verdade: nada compensa (ao menos, não como deveria compensar).

Positivo ou negativo não faz diferença, todos eles saem como fotos não reveladas onde temos que, se quisermos vê-las, colocá-las contra a luz e forçar os olhos de maneira sobrenatural para ver, enxergar e compreender o que se esconde em cada filme, em cada imagem exposta indispostamente de maneira proposital para que nada se veja do que já se viveu.

Um pano escuro, escondendo o passado, tentando revelar o futuro... e tudo o que consigo definir se resume sempre ao nada.

E é assim, que mais uma vez me sinto.

E termino por aqui, pois nenhuma luz será capaz de tirar-me deste breu em que me encontro totalmente perdida.

Lauraine Santos.

quinta-feira, 16 de abril de 2009

A grande meretriz


As demais religiões que me perdoem se houver qualquer colocação errada, porém, quero prender-me apenas ao protestantismo, não necessariamente em ângulos gerais, mas, principalmente, na cidade de Rio Bonito.
Causa-me grande espanto ver uma cidade tão pequena, com tantas igrejas- protestantes- e com tamanho excesso de prostituição. Digo prostituição não apenas no sentido do sexo, mas no sentido de infidelidade à Deus, no sentido de adulterar o que é sagrado.
Daí então, me pergunto o motivos desse excesso de erros em um lugar tão pequeno. Pude reparar que, na maioria das igrejas de Rio Bonito, os membros não tem compromisso, a obra de Deus está sempre em último plano; em primeiro vem a faculdade, os filhos, as férias, os bens materiais, mas Deus está sempre para o domingo que vem, ou, para quando sobrar um tempinho...
Vejo Rio Bonito sempre como “a grande meretriz”, já com a mente cauterizada, famílias destroçadas, o álcool, a droga, a maternidade fora do tempo, homossexualismo, adultério, dissenções dentro das igrejas, por aqui, tudo isso parece normal... mas perante a lei de Deus, NÃO! Jesus Cristo veio para cumprir a lei e não para revogá-la, ao contrário do que muitos pensam.
E o que me intriga ainda mais é: o que as igrejas tem feito para mudar isso? A resposta que vejo nua e crua é decepcionante: NADA!!!
Estão todos acomodados!
Ovelhas que pastam e engordam tanto que mal conseguem se locomover, afinal, estão fartas, não é mesmo? Pastores que estão acomodados com seus 10 ou 1000 membros, não faz diferença, o salário é o mesmo, para que ganhar mais uma alma para Jesus? Um membro a mais significa mais trabalho, e para que ter mais trabalho, se o salário é certo?!
Não entendo a postura de alguns pastores aqui. Parecem ter medo do poder político, ou até, das outras religiões julgadas pelo protestantismo como sendo “malignas”.
Medo ou comodismo? Nenhuma das respostas justificam a estagnação da cidade em relação ao protestantismo. Primeiro, um pastor medroso não tem condições de guiar um rebanho; segundo, um pastor deve ter brio e sensatez, mas jamais, temer as trevas, afinal, o objetivo de Deus é fazer resplandecer a Sua luz sobre as trevas. Quanto ao comodismo, “Deus não quer preguiçoso em Sua obra”. Pastor que não sai em campo para buscar ovelhas, pastor que não prepara líderes para conquistarem novas ovelhas, pastor que não sabe apascentar, unir, agrupar, não é pastor. Dão alimentos superficiais às suas ovelhas, e não se preocupam em expandir o reino de Deus, ao invés disso, são pastores que fazem da igreja o seu próprio reino.
Dr. Russel Shedd, autor de uma das muitas bíblias de estudo, esteve em Rio Bonito, e além do pastor da igreja onde ocorreu o evento, sabem quantos outros pastores foram buscar mais da palavra de Deus? Pois eu estava lá e não vi nenhum. Pastores que independente de suas doutrinas, deveriam buscar conhecer mais de Deus; só que os pastores aqui se sentem auto-suficientes, pensam que não mais dependem nem de Deus, mas, como diz a carta à igreja de Laodicéia, e como minha mãe não me deixa esquecer, repetindo toda vez que quer me chamar a atenção para algo, repito também aos pastores de Rio Bonito, que estão: pobres, cegos e nus.
O objetivo é catequizar?
Não ensinar às ovelhas o que o protestantismo chama de seitas e heresias é uma forma de tolhi- las , limitá-las, manipulá-las pelo conhecimento que não lhes foi passado. É deixá-las expostas ao perigo do erro, e novamente fico confusa. Uma nova interrogação flui em minha mente: “por que manter a ovelha alienada? Comodismo ou algum interesse?! Interesse em manipular ou em unir-se às trevas?” não sei qual das respostas, em qualquer das perguntas, feriria mais ao coração de Deus.
Tendo em vista o CRISTIANISMO, usei a palavra protestantismo, devido as divergências com o catolicismo.
A busca por Deus gera avivamento, avivamento gera missões, no entanto, olhamos para o lado e vemos, Rio Vermelho, Parque Indiano, Boa Esperança, ou mesmo no Centro da cidade, bairros mais pobres, onde crianças sofrem violência sexual pelos pais que chegam em casa bêbados, ou na menos pior das hipóteses, famílias que precisam de uma bolsa de compras, mas a igreja continua de braços cruzados... afinal, o que tem a ver o cristianismo com ação social?
Enfim, pastores que não sabem ou que não querem pastorear de acordo com a vontade de Deus, rasguem seus diplomas de teologia, pois nada aprenderam, joguem seus anéis de graduação pelo ralo, e orem pedindo à Deus, um coração novo, pois o momento é de rasgar as vestes, de cumprir a vontade de Deus, de nos humilharmos perante a Sua face, e não mais deixar dúvidas quanto aos escolhidos do Senhor.
Sair de um gabinete contando a vida das ovelhas, é ferir a ética, é expor a ovelha. Ser responsável pela vida de alguém, requer muita das vezes, palavras duras, mas muitos pastores não querem se indispor por causa de um “simples pecadinho”...
Lamentavelmente, O que tenho visto são pastores que até se negam a atender a algumas ovelhas em seus gabinetes, pois julgam que estas estejam muito doentes e podem contaminar o restante do rebanho. Que visão errônea! O pastor que sabe cuidar de suas ovelhas, vai saber tratar de uma ferida sem deixar que outras ovelhas se contaminem.
Disputar ovelha.... esse é o papel do pastor?
Pastores que estão mais preocupados com doutrinas do que com a pregação do evangelho. Em uma cidade tão pequena, tem pastores que não se falam, que se descriminam, e que juntos, ignoram o maior mandamento, o maior dom, que é o amor.
Se lhes falta amor, que é princípio de tudo, o que mais podemos esperar desses pastores? O medo, o comodismo, o egoísmo de fazer da igreja o reino pastoral... descrevem a falta de amor. Sem amor é difícil liderar um grupo, e é impossível agradar à Deus.
Pensei muito antes de me expor escrevendo um artigo que me parece tão pesado, porém, prefiro me expor, para que amanhã não haja a desculpa de dizerem que ninguém avisou. Quanto aos erros da igreja e dos pastores, há exceções, e também acertos, sem dúvidas.
Talvez tentem ignorar o meu artigo, mas não mais terão álibis para continuar no erro, e nem fingir que não sabem, uma vez que até eu, mesmo receosa, estou me manifestando. Esse não é um manifesto contra o protestantismo, e sim, a seu favor. A favor do conserto dos homens para com Deus, a favor de que o Cristianismo possa ser espalhado de forma correta, de forma que não envergonhe o nome pelo qual estamos falando, para que a vida, os atos dos que pregam, possam ser testemunho de suas palavras quando pregam a Cristo.
Lauraine Santos

domingo, 12 de abril de 2009

o amor...

o amor é a loucura dos sãos!!

....


Ainda na escola , estudamos sobre o simbolismo, período este, em que aprendemos a ver com subjetividade, pois nada era explícito, a intenção estava sempre descrita em alguma figura de linguagem, em algum objeto, em algo fora do entendimento imediato, porém, com certeza, com algum significado.
O simbolismo passou. Outras fases vieram, perdeu-se a subjetividade, o hábito de pensar e decifrar os símbolos que nos cercam. Certa vez ouvi algo sobre as estátuas, não me lembro exatamente o que foi, mas falava sobre a simbologia ideológica de quando foram construídas. Daí então, percebemos o simbolismo ainda presente na sociedade. As religiões tem seus símbolos que as representam; partidos políticos tem os símbolos que os caracterizam, enfim, cada instituição terá o símbolo que a represente de acordo com a sua vontade.
Como estamos vivendo uma crise política, na qual fala-se tanto em justiça, em punir os inimigos do povo, achei por bem, fazermos uma reflexão quanto ao simbolismo da nossa estátua da justiça. As explicações para a estátua já existem, porém, creio que valha a pena avaliarmos por outros ângulos.
Vamos por partes, a começar pelos olhos da estátua, que estão vendados. Sendo que só podemos julgar o que vemos, a justiça deveria ter os olhos bem grandes e bem abertos, para não correr o risco de cometer erros. Outro ponto, é que os padrões da nossa sociedade ensina-nos a andarmos vestidos, e o fato é que a nossa justiça encontra-se com os seios de fora, sendo facilmente identificada como imoral, prostituída, vendida a qualquer preço. A justiça também tem uma espada nas mãos, porém, para que uma pessoa com os olhos vendados precisa de uma espada? A luta seria inútil ainda que em legítima defesa, mas o pior de tudo, é ferir a inocentes. Bom, e por último, a nossa justiça além de cega, prostituta e portar armas inutilmente, ela ainda está sentada, descansando! É pena que não seja em berço esplêndido...
Enfim, o simbolismo perfeito! Nem as cores da bandeira do Brasil são tão perfeitas quanto a descrição que temos da nossa justiça... cega, prostituta, portadora ilegal de armas e preguiçosa, o retrato exato do que vemos. Só faltou uma bandeja para servir a pizza.

Lauraine Santos,

sexta-feira, 10 de abril de 2009

domingo, 5 de abril de 2009

"nem sempre ganhando, nem sempre perdendo, mas, aprendendo a jogar..."
Pois é, como sempre, o para raio sou eu!
E o pior, no final, sai todo mundo como se ninguém tivesse tomado choque.
Fico pensando sobre como os homens são fracos e as mulheres indecisas...
Sobre como o amor é mesquinho perto do que se idealiza como verdadeiro amor;
ou talvez, sobre o como nós somos mesquinhos e orgulhosos para compreender que o amor é muito mais do que simples idealizações: sei lá!
Fico confusa.
Problemas alheios sempre me influenciam de alguma forma que não sei qual é.
Só sei que sofro por mim e pelos outros...
que as vezes nem sofrem pelo próprio sofrer!
...
Prefiro assim:
Melhor para mim, apesar de toda preguiça inexplicável.
Lauraine santos.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

"Amar até, amar até, até quando Deus quiser... "


Feriado em cima de feriado. Definitivamente: 2009 é O ANO!
Feriado na quinta, enforca na sexta, ninguém trabalha no sábado: Aleluia!
Domingo é dia de descanso e segunda tudo de novo.


Todos os dias são a mesma coisa... só muda o nome dos dias.

Hoje é quarta e amanhã será quinta, que diferença faz isso? Sinto sono agora e sentirei amanhã, da mesma forma que senti sono ontem. Começo a crer que o sono é atemporal, tal como a fome, a sede, as necessidades biológicas, entre muitas outras coisas, que saciamos temporariamente e que se manifestam segundos depois, minutos depois, enfim, pouco tempo depois.

Por isso gosto da vontade de escrever.
Escrevo: sacio-me.
Desejo escrever mais.. e escrevo tudo diferente do que escrevi anteriormente: essa é a graça!!
O mesmo sentimento com palavras diferentes, por diferentes ângulos; dispostos pela mesma pessoa, pelo mesmo sentimento, pela mesma forma de viver em mim,.. e eu sou assim!


Lauraine Santos.

sábado, 28 de março de 2009

sem título

A gramática descrita como são descritos os seres de todas as espécies: como algo mutável e imprevisível.

Assim somos, e assim seremos. Mudança é a única constância previsível e exata na vida... além da morte, mas ae, já é outra história...

segunda-feira, 23 de março de 2009

Estou cega pela escuridão.


É quando enfim percebo que o reflexo é, na verdade, o oposto do que se vê...

Como um espelho que se põe face a face com a realidade e nada se encontra de material ou físico.

Nenhuma imagem se projeta no espaço, pois tudo que se quer é abstrato e subjetivo:

Tudo traduz-se em sentimento, no entanto, o sentimento em si não tem tradução, independente de qual seja o seu objetivo....

termino por aqui, por não saber traduzir o que sinto neste momento de profundo breu e engano do reflexo que se põe diante de mim.


Lauraine Santos
.

sábado, 21 de março de 2009

Fã da Flora...

A novela já acabou, mas a Flora permanece em minha memória!
Foi a vilã mais inteligente que já conheci... aliás, na novela inteira, era o único personagem inteligente!! (Além do Augusto César, um doidão que acreditava em disco voador)Com característas e qualidades ímpares, como inteligência, paciência, sarcasmo e um humor divino!!!!!

A começar pelos apelidos, uma mente criativa, um vulcão em constante erupção, em ebulição sempre.

Realista: a velha era mesmo muito da safada!!
a filha realmente um purgantezinho.
a inimiga uma caipirona.
o velho um babão por deinheiro.
e o jornalista um burro.

Meu Deus, será que ser bonzinho nunca tem pontos positivos?!?
Assim desconfio de que a pessoa só seja boazinha por falta de inteligência para ser má.

A verdade é que me apaixonei pela Flora. Segundo minha mãe, ela seria uma versão minha mais exposta, é, já que eu nunca mataria ninguém, mas admito que a agressividade é algo bastante incutido a mim... de forma oculta e bastante controlada, é claro!

gostaria de colar aqui as frases divinas usadas pela Flora em determinados mmentos, mas eu acabaria me estendendo em cada uma delas... é melhor deixar assim...


Um dia eu psicografo!!!! heheheh

01/07/2004 - faz é tempo!!!

Entendi o seu recado, não precisa insistir em expor suas idéias, já me convenci que não sou pra você. Confesso que não gostei, mas, se ser submissa a você é minha única saída: assim seja!
Detestei ter ouvido a verdade, me sinto mal por ter confundido as coisas e estarmos nesta situação. Estou me sentindo culpada, além de triste e angustiada.
Você tem razão, existem pessoas que não estão preparadas para ver, e eu não estava pronta para encarar que não pertençõ ao seu mundo e que jamais pertencerei.
Você teve sua parcela de culpa, mas admito que o erro maior foi meu de ter dado asas a minha imaginação, de ter deixado chegar aonde estamos e de tudo o mais que se possa imaginar relacionado a esse assunto.
Sinto-me culpada de ter ne permitido chegar a tal ridículo ponto de confundir sonho com realidade.

escrito dia 13/13/2009

Agora sinto uma enorme vontade de escrever, como há tempos não sentia. Fico feliz por voltar a escrever meus sentimentos, apenas lamento que os meus sentimentos sejam sempre tão melancólicos.
Não que a vida esteja ruim, na verdade, está muito melhor do que já foi um dia. o problema não é a vida. O problema sou eu, que não me adapto a vida!
Percebo a ansiedade em mim. Tento me controlar, mas é praticamente impossível. A fome em exagero, o descontrole do horário biológico e a tristeza infinita me corrompem sem que eu consiga me defender de mim mesma.
E o pior?
Sei que somente eu posso me vencer,. Só que não me adianta ter ciência disso se não sei como, quais os meios para driblar-me e obter resultados positivos. Para isso, busco orientação de algum profissional.
Eu preciso mudar. Mudar hábitos, alimentação, forma de pensar, maneiras de agir e sentir. Só não mudo meus princípios, pois para mim, caráter é algo imutável. Apenas quero que este contribua para a melhora do meu humor, do meu modo sedentário e preguiçoso de sentir, ver e viver a vida.

quarta-feira, 18 de março de 2009

Q dupla heim!!!


Eu tenho cada idéia!!!!

A reforma da loja...

Estou parecendo o incrível Hulk em processo de mutação.
Minhas mãos estão azuis, minhas unhas em dúvida entre o azul e o verde... e eu, num estado de cansaço indescritível!!!!
As pernas doem.
As coxas doem.
Os braços doem.
As costas doem.
As mãos... estou com um divino calo no dedo anelar direito, efeito do pincel.

Cheguei em casa exausta!!

Passei o dia inteiro pintando estantes: vermelho, azul e amarelo - cores primárias para atrair a atenção da criançada! Minhas roupas estão pintadas. Eu fiquei toda pintada, e verdade seja dita: nada atraiu mais a atenção do que o cheiro da tinta. Morrrrrrrrrrro de alergia, mas tenho que pintar, só tem eu mesmo.. se eu não insistir, as estantes vão ficar lá, as tintas vão envelhecer sem ninguém meter a mão para fazer.

Mal cheguei em casa, tomei um banho de querosene, pra pelo menos tentar tirar a tinta. Tomei um banho de água morna, tentando tirar o cheiro do querosene, missão quase impossível, só melhorou o cheiro porque usei meu sabonete mais caro e, posteriormente, meu creme hidratante também; o que, por sorte, aliviou bastante meu cheirinho de querosene. Fiz um lanche e deitei, detalhe: ainda não eram nem 20horas(8 da noite). Durmi até as 21:30 e acordei novamente, conclusão: perdi o sono. Aliás, o sono não, só não consigo dormir. Estou cansadíssima, mas não consigo dormir. Fazer o quê??

Já liguei a TV, assisti novelas que nunca antes tinha visto, assisti ao BBB-9 (Big Bosta Brasil -9). É!! não nego: ODEIO ESSE PROGRAMA!!

Mas a ausência é algo presente em nossas vidas mesmo quando não queremos!!!

Por fim, acabei vindo para o abrigo de sempre, onde me protejo da solidão: Internet.

Agora, são quase uma da manhã e ainda não consigo dormir, apesar de todo cansaço e de saber que tenho que estar de pé amanhã, pois ainda faltam seis estantes para terminar de pintar.

Meu cabelo tbm tá caindo - acho que é falta de água!!!!!!! rsrsr...

Enfim, uma da manhã, e dormir que é bom nada: ninguém pode dizer que é por falta de cansaço, até para fazer pipi, eu só consegui o primeiro da manhã e depois disso... só voltei ao banheiro já eram mais de 7 da noite... podes crer, tô embalada nessa!!!!!

E agora, cansei de escrever, sei lá!!

Vou fuxicar a vida dos outros no Orkut!!

segunda-feira, 16 de março de 2009

Busca Vida

Hoje me sinto muito assim...


Vou sair pra ver o céu

Vou me perder entre as estrelas
Ver daonde nasce o sol
Como se guiam os cometas pelo espaço
E os meus passos, nunca mais serão iguais
Se for mais veloz que a luz, então escapo da tristeza
Deixo toda a dor pra trás, perdida num planeta abandonado no espaço.
E volto sem olhar pra trás
No escuro do céu
Mais longe que o sol
Perdido num planeta abandonado
No espaço...
Ele ganhou dinheiro
Ele assinou contratos
E comprou um terno
Trocou o carro
E desaprendeu
A caminhar no céu
E foi o princípio do fim
Se for mais veloz que a luz
Então escapo da tristeza
Deixo toda a dor pra trás
Perdida num planeta abandonado
No espaço e volto sem olhar pra trás...

Paralamas do Sucesso

domingo, 15 de março de 2009

Estava pensando:

Eu escrevo sobre tudo!!


Ou melhor, sobre QUASE tudo.

Agradeço a Deus por esse divino dom. Principalmente quando vejo as pessoas se matandoo as vezes pra escrever duas palavras, enquanto eu, em segundos posso discorrer por várias páginas!!

Escrevo crônicas, poesias, textos dissertativo argumentativos, jornalísticos... enfim, nas letras não existem barreiras para mim... no entando, ainda assim me pergunto:


Para quê?? afff.....

Hoje: 14/03/2009

Estou sozinha.. são 2:24 da manhã... entro numa sala de bate papo, mas sinceramente, não estou afim de conversar com ninguém, até porque, nesse meio é dificilimo encontrar um papo sadio. Mas fiquei observando por algum tempo as conversas alheias. Chamou-me atenção o quanto as pessoas falam de Deus, mesmo que seja apenas para dizer que não acreditam nEle, mas fazem questão de falar sobre o que não acreditam... é estranho: é o homem, fazer o quê??

Tenho idéias brilhantes, só não tenho dinheiro para excecutá-las, e nem aos menos tenho com quem compartilhá-las!! Na quinta feira mesmo, cheguei da faculdade empolgadíssima, doida para comentar sobre como tinha sido a aula, mas fui frustrada logo que cheguei em casa, antes que pudesse expressar alguma alegria a tv já estava ligada com o noticiário passando, e antes que a mesma fosse desligada meu marido já estava dormindo!! Cheguei a ligar pros meus pais, pensando em comentar algo, mas achei melhor deixar quieto... e fui dormir frustrada!!

E assim tem sido desde que me casei. Meu marido é ótimo pra mim, só que tem as prioridades dele, como ver tv, assistir noticiário e não deixar passar nenhum futebol, independente de qual seja o time que esteja jogando, tem também todos os horários planejados como se fosse alguém histórico, o homem mais pontual do mundo, ou coisa do tipo.. e a solidão passou a fazer parte dos meus dias! No início eu chorava, entrava em crise, mas agora, estou me acostumando... ou encubando o surto para um momento futuro, quem sabe?? Eu sinceramente não sei!!

Acredito que a hora que eu não suportar mais a solidão meu EU dê uma solução mais racional que emocional ao meu problema!!Por enquanto, sei que estou suportando pq amo de uma forma irracional e incontrolável. Espero que a solidão não destrua esse amor...

Por hoje termino aqui. Não preciso desabafar todos os meus problemas num blog, há alguns que devo guardar só pra mim...


Lauraine Santos.

sexta-feira, 13 de março de 2009

13/02/2009

Cheguei hoje da faculdade e comecei a assistir um programa na TV, discutindo sobre a excomungação dos médicos e das pessoas que apoiaram a decisão quanto a menina de 9 anos que abortou os gêmeos do qual engravidou ao ser estuprada pelo companheiro de sua mãe...

A Igreja Católica excomungou a todos, exceto ao pedófilo.

O caso já é tão chocante, que é até difícil falar normalmente sobre o assunto sem alterar os ânimos!

Gostaria muito de poder expor minha opinião quanto a incoerência da Igreja Católica, no entanto, os argumentos são muito além do que podemos descrever!! Colocam-se como deuses, capazes de definir quem pode ou não se aproximar de Deus, e aí, vem a questão ainda mais complexa para as vítimas de uma situação tão suja... surge a dúvida quanto a existência de um Deus!!!! E mais, Que Deus é esse!!? Que justamente quando mais se precisa D'Ele, um estudioso, que diz priorizar a vida, simplesmente diz que A pessoa está Fora, expulsa, totalmente exclusa da Igreja, como se a pessoa por si só fosse incapaz de se comunicar diretamente com Deus...

Não defendo o aborto, sou TOTALMENTE CONTRA! mas não posso, neste caso em especial, permanecer na ignorância de que para priorizar a vida de um ser podemos simplesmente desfazer da vida de outro ser!

Enfim, acredito não ter sido muito clara ao expor meus pensamentos, mas priorizo e valorizo a vida, e acredito num Deus que age, sobretudo, baseado no amor, e que esse amor, seja sensato o suficiente para compreender quando um erro é forma de consertar os erros de terceiros sem nenhum temor a Ele...


Lauraine Santos.

terça-feira, 10 de março de 2009

Agora É Que São Elas

- HOMENAGEM AO DIA DAS MULHERES -
Lenine

Composição: Indisponível

Belas, singelas, donzelas,
Sem elas o mundo não vai pra nenhum lugar.
Santas, rainhas, meninas,
Com elas o mundo aprendeu a girar.
Do mistério à criação
Do desejo à compaixão

Elas
Agora é que são elas
Cinderela, Rapunzel,
A tinta que dá sentido ao papel
O pincel, aquarela
E a mão que assina a pintura na tela

Loucas Varridas, mimadas,
Sem elas o mundo é sem rumo e sem direção.
Lindas, Espertas, Dengosas,
Pancadas de chuva sem previsão.
Do mistério à criação
Do desejo à compaixão

Elas
Agora é que são elas
Cinderela, Rapunzel,
A tinta que dá sentido ao papel
O pincel, aquarela
E a mão que assina a pintura na tela

Manas, insanas, ciganas,
Sem elas o nosso pecado não tem perdão.
Divas, benditas,
Sagradas barrigas gerando a multiplicação.

É o Que Me Interessa

- A D O R O -
Lenine


Daqui desse momento
Do meu olhar pra fora
O mundo é só miragem
A sombra do futuro
A sobra do passado
Assombram a paisagem
Quem vai virar o jogo e transformar a perda
Em nossa recompensa
Quando eu olhar pro lado
Eu quero estar cercado só de quem me interessa

Às vezes é um instante
A tarde faz silêncio
O vento sopra a meu favor
Às vezes eu pressinto e é como uma saudade
De um tempo que ainda não passou
Me traz o teu sossego
Atrasa o meu relógio
Acalma a minha pressa
Me dá sua palavra
Sussurre em meu ouvido
Só o que me interessa

A lógica do vento
O caos do pensamento
A paz na solidão
A órbita do tempo
A pausa do retrato
A voz da intuição
A curva do universo
A fórmula do acaso
O alcance da promessa
O salto do desejo
O agora e o infinito
Só o que me interessa

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

PARTE III - Ermengarda e Epaminondas

A delegacia realmente não temia a Assantante de Trem e Ermengarda sabia que podia confiar no delegado Doutor Absalão Songa Monga, o problema seria conseguir acordá-lo. Drº Absalão era o único delegado da cidade e aproveitava a noite para tirar um cochilo e dispensava a todos os seus companheiros de trabalho, não gostava que nenhum deles o atrapalhassem em sua hora de sono.
Também este fato era de conhecimento de toda a cidade. Mesmo assim Ermengarda resolveu tentar. Pensou em tudo! Contaria ao delegado o que ocorreu após ele deixá-la na porteira do sítio e com os trombones da delegacia ele a levaria para casa e explicaria tudo aos seus pais.
Ermengarda só não fazia idéia de que seria impossível acordar ao delegado. A chuva estava fraquinha... e Ermengarda foi até a delegacia. Lá chegando, viu que tudo estava fechado, como toda noite: a delegacia estava fechada para dormir! Ermengarda esgoelou-se, e, para cada vez que chamava o nome do Dr Absalão ouvia um sonoro ronco que parecia cada vez mais profundo e longo. Depois de algum tempo, a pobre coitada e desorientada Ermengarda já estava ficando sem fôlego de tanto gritar, quando a chuva começou a apertar, e a moça se abrigou embaixo da única marquise que havia naquela rua.
Do outro lado da cidade... Epaminondas se preparava para sair de casa. A chuva atrapalhava um pouco a colheita de milho, mas Epaminondas não desistia de seus objetivos, sempre colhia e conservava em banha de porco uma maior quantidade de milho, justamente para os dias de chuva. Também matava o porco com antecedência, apesar de saber que a maioria dos seus fregueses prefiriam pipoca sem bacon.
Epaminondas sentia algo diferente no ar. Podia pressentir que aconteceria alguma novidade, o cheiro da noite já predizia só não se podia saber se algo bom ou ruim... já Ermengarda, tinha certeza de que esta seria a pior noite de sua vida. Não poderia ficar embaixo daquela marquise a noite toda; devia procurar abrigo para se proteger da Assaltante de Trem.
Apesar de toda a chuva, o bordel mantinha seu movimento normal com a mesma freguesia de sempre. Nem mesmo a Assaltante de Trem assustava aos freqüentadores do bordel.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

neoprotestantismo - part II

o que me traz a essas reflexões é o conhecimento que adquiri do que conhecemos como sendo a Palavra de Deus.Aprendi que...

... Jô não caiu na miséria por ter pecado, pois a Bíblia diz que ele era um homem reto e justo diante de Deus.
... Cristo não tinha onde reclinar a cabeça, mas era justo, santo e sem pecado.
... Cristo foi crucificado não por merecer, mas para salvar a humanidade de seus próprios pecados.
... Zaqueu era rico não por ser justo, mas porque roubava do povo. Cobrava mais do que devia.
... Salomão foi próspero financeiramente, não por amar a Deus acima de todas as coisas, mas sim, por se prostrar, aceitar e deixar que seu povo se prostrasse diante de outros deuses.

Conclui que a vida financeira não se mede pelo que é espiritual. Pois Jó, no meio do perrengue, foi que passou a conhecer a Deus face a face. Zaqueu era rico, mas precisava de algo mais que o dinheiro não comprava, e se escondeu, para se dar a oportunidade de ver, de apenas poder ver o Cristo passar!
Já Salomão, foi rico, sábio, conhecia teoricamente, e chegava a ser usado por Deus, mas não foi exemplo de arrependimento, intimidade e convívio diário com o Deus de Israel.
Diante dos exemplos bíblicos que se seguem desde Moisés até João na Ilha de Patmos, sinto-me subestimada a ter que ouvir tamanhas baboseiras vindas de onde dever-me-ia vir o alento e direção para uma vida com Deus em comunhão, ao invés de uma vida com propósitos terrenos!

Termino essa primeira parte por aqui. Em breve permaneço no assunto, mas hoje o cansaço já me toma.

Lauraine Santos.

parte I

Rio Bonito, 29 de janeiro de 2009.



Sem mais,

Penso apenas em escrever. Hoje, escrever, não por escrever somente.

Tenho um tema, um tema que não me agrada, sobre o qual possuo tantos argumentos, que temo em não conseguir expor de maneira correta. Não quero escrever sobre este tema que tanto me perturba, mas se não escrever, mais ele me perturbará.



O NEO PROTESTANTISMO NO SÉCULO XXI



Bom, então não quero ter pressa, mas ir com bastante calma nesse trajeto que não sei porque me sinto obrigada a trilhar. Vou escrever a partir de hoje, 29/01/2009 principalmente sobre as duas últimas décadas, pois é aproximadamente o tempo que tenho de vida. No entanto, todos os séculos serão necessários para compor o pensamento do qual tomaremos ciência a partir de agora.

Em princípio, vamos por as cortinas de fundo no nosso cenário atual. Obviamente, não conseguirei fazer isso de forma completa, para tal, é necessário que cada leitor tenha consigo um pouco desse conhecimento. Vamos ao que interessa, ainda que não esteja em ordem cronológica, é apenas para termos uma noção melhor dos fatos.



11/09/2001 – queda do world trade center

1999 – igrejas com a visão celular

2008/2009 – uma vida com propósito

2003/2006 – Bom Dia Espírito Santo e a doutrina de Benny Hinn se espalha pelo mundo.

1998/2006 – watchman Nee impressiona com a maior igreja do mundo.

2007/2008 e recém 2009 – Hoje!! É aqui que nós estamos!A teologia da prosperidade prospera entre os protestantes brasileiros, juntamente com a vida proposta por Ricky Warren.

OBS.: essa teologia propõe uma prosperidade financeira, material, terrena e completamente passageira, sem nada espiritual .

Os pastores contam ovelhas como se quanto mais lã puderem vender, mais ricos ficarão. Não no âmbito espiritual, mas no material. Os pastores querem um número cada vez maior de ovelhas para tosquiá-las, e não para cuidá-las conforme o proposto na bíblia.

Nos dias atuais, não mais os apóstolos, discípulos, que morreram em nome de Cristo, além do próprio Cristo, são citados como exemplos de amor a Deus. Não! Hoje não se fala em amor a Deus. Fala-se em judeus que foram amados por Deus e são estes os citados na prosperidade: Silvio Abravanel, o dono da H. Stern.... de prosperidade financeira sim, são ótimos exemplos! Mas não de amor ao Cristo que o protestantismo apregoa como salvador da humanidade, pois como é de conhecimento de todos, 99% dos judeus não crêem no Cristo como Messias enviado de Deus.oras...

• 1º - fomos criados porque Deus nos amou.

• 2º - fomos criados para Nós adorarmos a Ele, e não ao contrário apenas.

• 3º - Deus é criador e nós criaturas. Fim. Não há o que discutir quanto a isso.



(A) um ponto a refletir depois

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Quem sou eu??

Quem sou eu??
"Página branca pautadaPor Deus numa hora suprema..."

"nesse tempo já me dera conta de que procurar era minha sina, emblema de todos aqueles que saem de noite sem nenhuma finalidade exata, razão de todos os destruidores de bússolas"


Já encontrei parte do que procurava. (veja bem: parte! que as vezes perco).Sinto-me completa e satisfeita quanto a minha vida amorosa. Posso dizer que tenho um amor pra vida inteira, ou, que pelo menos, eu espero que seja para a vida inteira. Por outro lado, sei que ainda há muito o que conquistar, pois a felicidade não é eterna em apenas um momento... sei que devo procurar mantê-la por perto, alimentá-la...é isso que procuro: MANTER A FELICIDADE!



Não sou intelectual como pensam.Também não sou a hippie que me imaginam!Definam-me na metafísica, na patafísica, na filosofia, ou no que quiserem, serei útil dependendo da área proposta.

"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre."Oscar Wild

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

tolice...

Hoje, sem muito o que dizer, alegro-me por estar aqui.
Não que eu seja alegre, longe de mim tal idiotice.
A alegria é para os tolos, que pensam pouco, têm o espírito crítico subdesenvolvido e não sabem questionar, pensar, ironizar: por isso são alegres.
Quem pensa não se satisfaz com as respostas que obtém.
Francamente?
Por diversas vezes eu penso que preferia ser tola, idiota,
Pois questionar, nunca satisfaz.
As respostas que se apresentamtambém são insatisfatórias,
Mas, ser feliz, é o que completa, é o que satisfaz!
Sinto muito por mim, mas a tolice não me convém.


Lauraine Santos.